quinta-feira, 2 de junho de 2011

Filhote 2011 - Cinza Macho ( Família Mannes )

MF22-062 ( exatos 4 meses ... )

9 comentários:

  1. Olá Fúlvio!
    Você disse certa vez no skype, que estava cheio de periquitos cinzas aí no BUDGERIGART, mas se todos os seus cinzas tiverem essa qualidade aí, rapaz, você tá feito!
    Parabéns!!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Que bicho bom hein Fulvio... Parabens.

    ResponderExcluir
  3. Bicho, tem hora que dá vontade de parar de criar, como é que esse homi consegue tirar esses bichos? kkkkkkk

    Parabéns Fulvio, mas parabéns mesmo, este é sem dúvida um dos pássaros seus que mais gostei até hoje.

    abçs

    ResponderExcluir
  4. Ola Fulvio! O Clauberth disse exatamente o que eu gostaria de dizer. Parabens, abraço CHA

    ResponderExcluir
  5. Impressionante Fúlvio... e ainda por cima está com apenas 4 meses... na idade do frango... o periquito é espetácular!

    Mais uma vez, Parabéns e Grande abraço!

    Felipe Zabeu

    ResponderExcluir
  6. Oi, Amigos !
    Fico contente que tenham gostado!
    Obrigado pelos cometários !
    Esse filhote está se transformando à cada dia e de forma surpreendente para mim.
    O interessante é que ele é filho do ADA Cinza, que era uma ave que não tinha o direcionamento das penas da cabeça evidenciado.
    Já a mãe, a Asa Canela Celeste FL22-018-09 apresenta essa característica, mas só que com penas mais curtas.
    Diferentemente de outros criadores, não penso que o chamado "Efeito-Búfalo" possa ser analisado,quanto ao seu comportamento hereditário, a partir da análise de Mendel .
    Acredito realmente em genes morfológicos recombinados e selecionados por amostragem por várias gerações.
    O fato de uma ave, que não apresenta essa caracterísitca, gerar filhotes que a tenham não significa necessariamente que essa mesma característica esteja "sendo portada" e, portanto , seja recessiva .
    Esse tipo de análise não é pertinente quando pensamos na morfologia da ave, isso pelo fato de as características "Físicas" dos periqutos serem promovidas por recombinaçoes de genes morfológicos, genes esses que, diga-se de passagem,ainda são desconhecidos pela ciência .
    Acredito que a melhor "ferramenta" que um criador possa ter em mãos é o aprimoramento ao máximo da capacidade de observação, justamente para poder , cada vez mais detalhadamente , identificar as características morfológicas desejáveis em um periquito de exposição e buscar perpetuá-las a partir da hereditariedade , através do agrupamento dos indivíduos que as possuam, em famílias.
    Abraço à todos !
    Fulvio.

    ResponderExcluir
  7. Continuando...ô Felipe, sei nao viu, mas acho que esse bicho "pulou" a idade do frango, ou então meu amigo, se ele estiver, imagine no que vai se transformar . Diga-se ainda de passagem que algo me chamou muito a atenção em relação a esse periquito, veja que existe uma foto dele quando filhotinho, e ele nao chamava tanto a atenção quanto outros que estavam na sequencia de fotos http://1.bp.blogspot.com/-eA9mGWNWtJc/TcgqcM2--xI/AAAAAAAAAW8/vZqBf5XpffY/s1600/MF22-062-10++IV.JPG , e percebam como ele mudou.Isso me leva a repensar se realmente vale a pena descartar um periquito entes de 1 ano de idade.

    ResponderExcluir
  8. Pois é, Cláuberth ...
    Confesso que a "metamorfose" dele também está me surpreendendo .
    Ele não é uma "Super Ave" , mas tem uma cabeça em formato de "leque" muito interessante .
    Ele já mostrava, quando bem novinho, que teria as penas da cabeça direcionadas, mas à medida em que começou a muda foram surgindo cartuchos longos em todas as direções .
    Quanto à idade para se selecionar os filhotinhos, por mais que se possa ter experiência nesse processo, realmente seria muito interessante se conseguíssemos manter os filhotes, ao menos, até uns 6 meses de idade antes de fazermos a seleção .
    Sempre surgem algumas "surpresas" !!! kkk...
    Abraço à todos !
    Fulvio.

    ResponderExcluir